segunda-feira, 6 de junho de 2016

Resenha do zine Pilgrin #1 de Márcio Salerno


Pilgrin #1 (16p, p&b) desenhos, fotografias, art colage, ilustrações e reflexões poéticas.
A estrada do peregrino é o tema central deste zine. O Caminho, a Busca, a Senda na jornada arquetípica do tarot. A via do Encontro com o sagrado e o profano, o perder-se para achar-se, a busca por transcendência em todos os níveis da existência.
Logo de cara, Salerno estabelece a conexão entre quadrinhos e
 tarot, duas instâncias "esotéricas" (sim, os quadrinhos underground muitas vezes assim são vistos!), mas mesmo que não existisse, a junção de ambos por si mesmos já é bem interessante! Alejandro Jodorowsky tem experimentos interessantes em tarot e HQ.
O zine traz um texto fluido e gostoso de ler, informativo, que dá pistas importantes sobre o contexto do surgimento do tarot e suas relações com ocultistas eminentes. O texto destaca a importância da mulher no mundo da magia, apresenta referências de personas, livros e épocas denotando o amplo repertório do autor, o que para a/o leitor/a acaba sendo de muita valia ter acesso a este texto.
Depois desse rico texto introdutório, temos a HQ "The Black corridor" onde Salerno traz brilhantemente a narrativa em torno dessa trama de um Caminho traçado através das cartas do tarot, onde o caminhante é o ser (ele ou o/a leitor/a que se identificar). Ele traz uma leitura do mundo (deste pelo menos), dessa sociedade, e do caminhante-louco perante essa "realidade". Pensar é perigoso? E o Sentir? Viver o agora é a Ordem!
O texto traz inquietações da nossa condição de vivermos enquadrados, remidos, omissos, acuados, calados, passivos. Questiona os poderes instituídos, a política e seus processos, a pseudo liberdade.
Seguindo as reflexões, nesse contexto, o que seria um ser anárquico? Diante de um mundo tão doente, para não aderir ao sistema precisa sabotar a tudo. O ser anárquico está em extinção, morrendo, pois não come, não vê TV, não consome, é o Eremita? O ser que vivencia todas as cartas do tarot, prova dos êxtases e trevas da vida, tende a findar como um asceta?
...Não, vida é movimento, e gira a roda da fortuna... Um dia em cima, outro embaixo, outro dia vamos para trás, ou para frente, avançamos pelos lados ou na diagonal. Mas sempre em movimento.
E por esses caminhos segui refletindo e mergulhando nesse zine...
Simplesmente adorei Pilgrim, certamente porque sou uma. O zine genialmente trouxe de forma eficaz tanto a dimensão informativa quanto a lúdica, da interessante interface entre HQ e tarot.
Agradeço mais uma vez ao Salerno pelo envio de seus zines, é sempre um alento encontrar pessoas que vibram na mesma frequência e instigar o "anarquismo" necessário para não morrermos em vida!

Contato do Salerno: msaler@ig.com.br e msaler2003@yahoo.com.br
Agora os zines do Márcio Salerno são parte do acervo da Fanzinoteca itinerante da IV Sacerdotisa! Envie seu zine também!
IV Sacerdotisa


Danielle Barros é IV Sacerdotisa da Aurora Pós-Humana, poetisa, desenhista e fanzineira. Bióloga de formação, mestre em Ciências e Doutoranda em Ensino de Biociências e Saúde (IOC-FIOCRUZ). Criou os fanzines Abismos do Lobo (2013), Sibilante Grimoirezine Poético Filosófico (2014), HQcrônicas e Sagrado Femizine (2015).